CINEMATECA - A MARCA DA VERGONHA

"A Marca da Vergonha" (The Scar of Shame) é um exemplo de filme produzido dentro do Cinema Afro-Americano, ainda na fase muda do cinema. Foi produzido pela The Colored Players Film Corporation, uma produtora de filmes mudos, em sua maioria melodramáticos, para o público Afro-Americano. Foi filmado em 1927, mas lançado apenas em 1929.

O filme conta a história de Louise, uma garota pobre que vive com seu padrasto sendo maltratada por ele. Seu vizinho Alvin, acaba testemunhando um dos ataques do padrasto à ela e sai em sua defesa. Alvin consegue que Louise fique na pensão onde ele mora, em troca de trabalho. Spike, um amigo do padrasto de Louise, sonha com a possibilidade dela trabalhar com ele e passa a assediá-la.

Após um confronto entre Spike e Alvin, por causa de Louise, Alvin a pede em casamento para poder protegê-la. Eles se casam, mas mesmo assim Louise não está livre dos assédios do padrasto e do amigo dele que armam um plano para sequestrá-la. Alvin recebe um telegrama forjado pelos dois, em nome de sua mãe, alegando estar doente e pedindo para o filho ir visitá-la. Louise propõe que ela o acompanhe para conhecer a sogra, mas Alvin lhe conta que sua mãe não sabe do casamento. Louise então acaba descobrindo que sua sogra mesmo sendo uma mulher negra, é elitista e aprova o casamento do filho apenas com uma mulher do nível social deles.

Decepcionada, ela briga com Alvin e ele viaja. Quando Alvin chega na casa de sua mãe, ele descobre que possivelmente foi enganado e retorna rapidamente para casa, pois teme que algo tenha acontecido com Louise. Ela é abordada por Spike que lhe faz uma proposta de negócio. Decepcionada com o marido, ela decide aceitar e partir. Alvin então chega e tem um confronto armado com Spike. Louise acaba acidentalmente levando um tiro no pescoço e no julgamento acusa Alvin de ter dado o tiro e então ele é preso.

Passam-se alguns anos e Louise agora é uma prostituta e trabalha ao lado de Spike. Seu pescoço tem uma cicatriz do tiro que levou. Alvin consegue escapar da prisão, foge para uma outra cidade e assume uma nova identidade. O destino então trata de uni-los novamente, mas desta vez Louise tem a certeza de que Alvin não a ama e que casou-se com ela por pena.

"A Marca da Vergonha" sofre de uma característica presente na produção de diversos filmes do Cinema Afro-Americano: o baixo orçamento. Por causa disso, o filme acaba tendo altos e baixos em seu roteiro, fazendo com que o espectador perca um pouco o interesse quando o filme chega ao meio, mas nos momentos finais ele consegue recuperar o fôlego. É em sua totalidade um filme assumidamente melodramático, gênero favorito da população negra que consumia os filmes feitos diretamente para eles. O filme ainda traz algumas pinceladas de crítica social, mostrando a mulher dentro da sociedade negra, além do elitismo e separações de classes dentro da própria população negra.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar!!!

Tecnologia do Blogger.