RUAN LINGYU - A TRÁGICA ATRIZ DO CINEMA MUDO CHINÊS

Ruan Lingyu, foi uma das mais importantes atrizes do cinema mudo chinês, seu suicídio aos 24 anos chocou muitos dos seus fãs e ela tornou-se um dos primeiros ícones trágicos do cinema, além de uma das primeiras vítimas dos tabloides sensacionalistas. Ela teve uma infância bastante dramática: seu pai morreu quando ela ainda era criança e ela foi sustentada pela mãe que trabalhava como empregada doméstica.

Ela optou ser atriz como método de sobrevivência. Estrelou seu primeiro filme aos 16 anos. Em 1928, assinou um contrato com um estúdio para estrelar seis filmes. Em 1930, ela conseguiu alcançar o estrelato e em 1931 já era considerada uma das maiores estrelas do cinema chinês, foi nesse período também que ela realizou seus melhores desempenhos. Em 1933, chegou a ser considerada a "rainha do cinema chinês".

Em 1934, seu penúltimo filme, "Mulheres Modernas", iria refletir o seu futuro, nele, Lingyu interpretou uma personagem baseada na atriz chinesa Ai Xia, que suicidou-se no mesmo ano. No mesmo ano, Lingyu sofreria uma forte pressão dos tabloides sensacionalistas, ao entrar em processo de divórcio. Seu ex-marido, vivia às suas custas e gastava seu dinheiro em jogos. Cansada, ela pediu o divórcio e os tabloides aproveitando a popularidade dela, passaram a dar destaque ao divórcio. A situação piorou quando seu ex-marido decidiu entrar com um pedido de indenização.

Vivendo sob grande pressão pública e passando por diversos problemas pessoais, Lingyu decidiu pôr fim em sua vida, tomando uma grande quantidade de barbitúricos, em 8 de maio de 1935, falecendo aos 24 anos. Sua morte precoce e inesperada, causou grande comoção e o público viu grande semelhança com o suicídio da atriz Ai Xia, que também passou por forte pressão da mídia sensacionalista. Um de seus primeiros filmes, "Amor e Dever", de 1931, passou anos sendo considerado como um filme perdido, até ser redescoberto no Uruguai em 1994, possibilitando um vislumbre de sua carreira e estilo de atuação, ao lado de outros poucos filmes sobreviventes de sua filmografia.

Comentários

Mais Visitados