O INCÊNDIO NO ARQUIVO DO ESTÚDIO MGM NA DÉCADA DE 60




 Anteriormente, fiz um artigo sobre o incêndio no arquivo da Fox, ocorrido em 1937, causando a perda de diversos filmes, dos quais, as únicas cópias estavam ali presentes. Incêndios em cofres de arquivos dos estúdios eram frequentes, devido ao material inflamável das películas. Nas décadas de 1910 e 1920, diversos incêndios ocorreram, resultando na perda de diversos filmes. Após o incêndio dos arquivos da Fox, os estúdios passaram a ter um cuidado melhor no armazenamento dessas películas, mas isso não impediu da MGM sofrer um incêndio tão trágico quanto o da Fox, a ponto do dia do incêndio ser denominado de "O dia que Hollywood queimou".

Em 10 de agosto de 1965, um incêndio causado por um curto-circuito, atingiu um depósito da MGM, provocando uma grande explosão e desabamento do teto sob as latas de negativo, impossibilitando um resgate imediato. Após o incêndio, a taxa de filmes sobreviventes caiu para 68%, essa taxa alta se dá graças ao fato da MGM ter duplicado diversos filmes e doado a diversos museus, mas isso não impediu do estúdio perder diversos filmes que possuíam apenas uma cópia. Os filmes "A Mulher Divina" (The Divine Woman), estrelado por Greta Garbo e "London After Midnight", estrelado por Lon Chaney, foram os filmes mais relevantes perdidos nesse incêndio. Anos depois, foi encontrado um trecho de "A Mulher Divina", enquanto "London After Midnight" segue totalmente perdido e é considerado um dos filmes mudos mais procurados ao redor do mundo.

A versão original de "Laugh, Clown, Laugh", filme também estrelado por Lon Chaney, foi perdida nesse incêndio, assim como um final alternativo. A versão sobrevivente conta com alguns minutos faltantes. Lon Chaney foi um dos atores que mais teve filmes perdidos nesse incêndio. 

O negativo original de "O Homem das Novidades" (The Cameraman), estrelado e dirigido por Buster Keaton, também foi perdido neste incêndio, sobrevivendo graças a cópias armazenadas em outras localidades.

Até ocorrer o incêndio, a MGM era um dos estúdios que mais preservavam seus filmes, até mesmo os filmes inexpressivos em lucros de bilheteria e filmes de outros estúdios, adquiridos como base para possíveis regravações. Possuía uma vasta gama de filmes mudos e os primeiros filmes falados. Boa parte deles perdidos nesse incêndio. Alguns foram recuperados, graças a cópias espalhadas pelo mundo, alguns em qualidade inferior, outros supostamente perderam-se para sempre.



FONTES
https://silverscreenmodes.com/tag/studio-fires-film-vault-fires-sets/
https://movieweb.com/mgm-fire-1965-hollywood-burn/
https://www.loc.gov/static/programs/national-film-preservation-board/documents/pub158.final_version_sept_2013.pdf
https://lostmediawiki.com/The_Big_City_%28lost_Lon_Chaney_crime_film;_1928%29



Nenhum comentário

Obrigado por comentar!!!

Tecnologia do Blogger.