PROGRAMAS INFANTIS NOSTÁLGICOS PRODUZIDOS PELA TV CULTURA

A TV Cultura teve um papel marcante para as crianças dos anos 80 e 90, produzindo diversos programas educacionais e marcando a infância dessas gerações. Alguns desses programas são exibidos até hoje em incontáveis reprises e ainda seguem encantando novas gerações. A lista abaixo resgata 8 atrações produzidas pelo canal durante os anos 80 e 90.

Mundo da Lua
Foi exibido entre 1991 e 1992, totalizando 52 episódios. Protagonizada por Luciano Amaral, contava a história de Lucas Silva e Silva, um garoto imaginativo que ganhou de seu avô um gravador e o usa como instrumento de suas imaginações, alterando a realidade de fatos ocorridos ao seu redor. A série contou com diversos nomes de peso, tanto no elenco principal, como em participações especiais. Em 1993, ganhou um spin-off chamado "Lucas e Juquinha em Perigo! Perigo! Perigo!" contando com 5 episódios de 5 minutos cada.

Cocoricó
Foi exibido entre 1996 e 2013, totalizando mais de 250 episódios e passando por diversas reformulações durante os anos. A ideia do programa nasceu em 1989, a partir de um especial de Natal exibido dentro do Rá-Tim-Bum. Inicialmente, o programa dividia espaço com desenhos, mas anos depois passou a dominar todo o espaço de arte com as aventuras de Julio e os bichos da fazenda. Em 2010, ganhou uma nova versão, chamada "Cocoricó na Cidade". Em 2012, transformou-se em "TV Cocoricó", agora como um programa de entrevistas. É exibido como reprise até os dias atuais e também conta com exibições fora do Brasil.

Rá-Tim-Bum
Foi exibido entre 1990 e 1994, totalizando 192 episódios. Foi criado por Flávio de Souza, responsável pela criação de "Mundo da Lua" e de diversos outros programas icônicos infantis da TV Cultura, como "Castelo Rá-Tim-Bum". É considerado um programa inovador para a época, por derrubar diversos estereótipos de elaboração e produção de programas infantis. Inovou ao mesclar educação com entretenimento. Chegou a ganhar diversos prêmios, até mesmo internacionais.

Castelo Rá-Tim-Bum
Possivelmente o programa infantil mais lembrado de todos os tempos já produzido pela TV Cultura. Foi exibido entre 1994 e 1997, num total de 90 episódios. Contava as peripécias de Nino, um garoto e feiticeiro com mais de 300 anos que vivia com seu tio Victor e sua tia Morgana em um castelo. Ele recebia as visitas de Pedro, Biba e Zequinha. As aventuras do quarteto no castelo é intercalada com diversos moradores excêntricos, como fadas, passarinhos cantores e tocadores de instrumentos, além de visitas esporádicas de um ser extraterrestre, uma repórter, uma figura folclórica, entre outras. Inspirado em "Rá-Tim-Bum", faz parte de uma franquia televisiva, da qual também conta os programas Teatro Rá-Tim-Bum e Ilha Rá-Tim-Bum. Foi o programa infantil com o orçamento mais caro da TV Cultura e segue sendo exibido em inúmeras reprises.

Glub Glub
Um dos programas infantis mais longevos da TV Cultura. Contou com duas fases: a primeira de 1991 a 1999 e a segunda com duração de um mês, em 2006. Ao todo mais de 600 episódios exibidos, divididos em 10 temporadas. A origem do programa se deu em "Rá-Tim-Bum", num quadro onde dois peixes conversavam no fundo do mar. Logo depois, o programa surgiu, intercalando desenhos animados e conscientização sobre meio-ambiente e fauna marina.

X-Tudo
Outro programa longevo da emissora: foi exibido entre 1992 e 2002, totalizando 11 temporadas e passando por diversas reformulações no formato e elenco. Mais um programa que intercalava entretenimento e conteúdo educativo. Discutia diversos assuntos sobre biologia, meio ambiente, cidadania, entre outros. 

Bambalalão
O programa mais antigo da lista, foi exibido entre 1977 e 1990. Era ambientado em uma espécie de circo e contava com competições entre estudantes, quadros com bonecos de fantoche, encenação de contos, entre outras atividades. Recebeu diversos prêmios entre 1982 e 1987. Chegou a ser exibido ao vivo em 1982. Contou com 14 temporadas.

Catalendas
Da lista, o único programa ainda produzido até o momento. Estreou em 1999 na TV Cultura do Pará e usa marionetes para contar histórias sobre lendas do folclore brasileiro. Em 2009 chegou a sair do ar, retornando em 2013. 

Catavento
Estreou em 1985 e contava com apoio de pedagogos e psicólogos. Havia ainda brincadeiras, dramatizações, manipulações de bonecos e outros elementos. Chegou a receber prêmios internacionais.

FONTE:
Ajuda em algumas informaçôes:
https://infantv.com.br  


Nenhum comentário

Obrigado por comentar!!!

Tecnologia do Blogger.